9 °C
Londres

Abertas inscrições para curso de informática para idosos, em português

|

Diego Caicedo

Clase old alone uk Diego  Caicedo



Por Arelys Gonçalves

Na quarta-feira (24/07), aconteceu a inauguração das aulas de informática para idosos no Lambeth College, em Clapham Common. A iniciativa, realizada pela organização Old Alone UK, busca integrar os idosos ao mundo da tecnologia e fornecer ferramentas para serem mais independentes diante dos desafios da vida moderna.

Com o título: “Click & Connect 4 All", a fundadora desta organização, Luisa Brands, explicou ao Notícias em Português que esse importante passo foi alcançado graças à contribuição do novo fundo da Loteria Nacional, instituição que oferece as maiores doações em todo o Reino Unido.

O início das aulas, em português e espanhol, representa uma contribuição essencial para a comunidade de idosos na América Latina, com sede em Londres, e também está aberto ao público local de idade avançada. É uma possibilidade aberta para quem fala espanhol, português e inglês e que exige esse treinamento para realizar e-mails, escrever textos, navegar na internet, entre outras atividades.

Brands explicou que o curso levará 10 semanas e será ministrado toda quarta-feira das 17h às 19h no Lambeth College, localizado no número 45 da Clapham Common South Side, código postal: London SW4 9BL.

Para as pessoas interessadas, ainda há tempo para se inscrever e eles podem fazê-lo chamando 07 415 250 331. Ainda há dois lugares disponíveis para esta primeira etapa. De acordo com as informações oferecidas pelo Old Alone UK, as inscrições para o curso de outubro já estão abertas. São 20 alunos por turma.


O representante desta iniciativa agradeceu a todos aqueles que tornaram este projeto possível, com o objetivo de "ensinar habilidades a pessoas idosas pertencentes a grupos minoritários e aos grupos mais desfavorecidos de nossa comunidade". Ele destacou a ajuda de Allison Stoecker, que representa o parlamentar John Martin McDonnel, Christhoper Tew e sua esposa Francis, o acadêmico Nuno Vinhas, coordenador do projeto e que será o professor e comunicador Diego Caicedo, além de destacar o trabalho dos voluntários Eles trabalham ativamente para manter a organização funcionando.