23 °C
Londres

Violência juvenil: 1 em cada 4 jovens se sente inseguro onde mora

|

Devin Avery/Unsplash

Devin avery 517271 unsplash


Por Ulysses Maldonato

O crime de faca e a cultura de gangues deixaram um quarto dos jovens se sentindo inseguros onde vivem, de acordo com pesquisa. Um em cada quatro garotos de 16 a 25 anos pesquisados por uma instituição de caridade disse que se sente cada vez mais inseguro devido ao aumento da violência juvenil, e que esse número está mais próximo de um terço em Londres.

Dois em cada cinco jovens dizem que as notícias sobre o aumento do crime violento fazem com que eles se preocupem com a própria segurança, mas quase a metade diz que se sente afetada diretamente ou entre seus amigos.

A Trust, organização que ajuda jovens a melhorar suas vidas e alcançar seu potencial, está agora intensificando seus esforços para abordar as questões subjacentes, seguindo o convite do príncipe Charles e do príncipe Harry para encontrar soluções.

Em dezembro, o príncipe Charles e o príncipe Harry realizaram uma cúpula sobre crimes com facas em Clarence House. No evento, o Príncipe Charles disse: "Deve haver maneiras melhores de impedir que todos esses desastres e tragédias terríveis aconteçam às famílias de tantas pessoas. Isso é algo que parece absolutamente inaceitável.”

A pesquisa, baseada em uma enquete online com 2.162 jovens em todo o Reino Unido, também descobriu que mais de dois terços pensam que as pessoas estão reagindo ao que está acontecendo em sua vida doméstica, com 45% dizendo que não há suficiente atividades alternativas disponíveis.


Quando perguntados sobre o que poderia ajudar a reduzir os níveis de violência juvenil, 71% disseram oportunidades de emprego estáveis, além de modelos mais positivos e mais educação sobre as consequências do crime com faca.