23 °C
Vida e Estilo

WhatsApp deixará de funcionar em milhões de telefones, em alguns meses

|

Christian Wiediger/Unsplash

Christian wiediger 626857 unsplash


Por Ulysses Maldonado


Bilhões de pessoas usam o WhatsApp diariamente. A plataforma tem mais de 1.500 milhões de usuários em todo o mundo. No entanto, esse número será reduzido de forma significativa, já que o aplicativo de mensagens instantâneas deixará de funcionar em dispositivos da Microsoft a partir de dezembro deste ano.


É uma decisão do próprio aplicativo, anunciada em uma publicação em seu blog. "Não vamos mais desenvolver o 'aplicativo' para essas plataformas, então alguns recursos podem parar de funcionar a qualquer momento", escreveu o WhatsApp.


O sistema operacional Windows Phone foi lançado em outubro de 2010, mas há alguns meses, em janeiro de 2019, a Microsoft anunciou que não atualizaria mais o "software" de seus dispositivos a partir de 10 de dezembro de 2019. De acordo com a Metro, a empresa de tecnologia recomendou que seus usuários comprassem dispositivos iOS ou Android.


Isso significa que o WhatsApp atenderá o sistema operacional impopular até o último suspiro. É que o Windows Phone nunca alcançou o sucesso que seus rivais obtiveram, nem tem sido apreciado pelos desenvolvedores de aplicativos.


No entanto, é provável que há milhares ou talvez centenas de milhares de pessoas que usam o WhatsApp através de um dispositivo antigo do Windows e esses não vão gostar desta notícia.


Mas eles não serão os únicos, já que o WhatsApp também deixará de funcionar para a versão do Android 2.3.7 e anteriores a partir de 1º de fevereiro de 2020. No caso do iPhone, os usuários com a versão iOS 7 também verão 'desaparecer' 'app de mensagens instantâneas em fevereiro próximo.


A Microsoft recomendou que seus usuários mudassem para o Android ou iOS