19 °C
Comunidade

Associação ajuda imigrantes ilegais a retornar voluntariamente ao seu país

|

Foto centro brasilero


Por Arelys Gonçalves

Em meio às adversidades e desafios enfrentados pelas comunidades de imigrantes sediadas no Reino Unido, duas organizações sem fins lucrativos ampliaram seus serviços para oferecer conselhos e apoio àqueles que mais precisam, independentemente de sua origem.

Trata-se do Centro Brasileiro e da Casa do Brasil, que originalmente surgiram para atender aos cidadãos do país sul-americano, mas já algum tempo planejam expandir a atuação para toda a América Latina. As associações também podem ajudar aqueles que não falem nem portugués, nem espanhol, mas que possam se comunicar em inglês.

A advogada Vitória Nabas é uma das diretoras das instituições, e também oferece assessoria jurídica e orientação para quem a solicita. Vitória tem 25 anos de experiência na área jurídica e comanda alguns importantes projetos voltados à comunidade.

O programa de retorno voluntário é um deles. Trata-de se uma alternativa para aqueles que estão em situação irregular e desejam retornar ao seu país de origem. É um projeto realizado há mais de quatro anos em conjunto com o Home Office britânico. No último ano, 317 pessoas usaram esse serviço para retornar voluntariamente. Nos últimos quatro anos, foram cerca de 500. Ao Notícias em Português, Vitória Nabas explica melhor.

Notícias em Português - Quem é elegível para este programa?

Vitória Nabas - Qualquer pessoa que não tenha visto (ou não tenha documentação) ou pessoas que estejam como turistas, mas que trabalhem.

Quem não pode solicitá-lo?

Europeus ou pessoas com licença por tempo indeterminado de residência / ou residência permanente.

O beneficiário tem que pagar alguma coisa?

Não, o programa de retorno é totalmente gratuito e voluntário.

Que garantias tem a pessoa que retorna ao seu país?

Realizamos o programa e a pessoa vem ao nosso escritório. É um lugar seguro onde vamos apoiá-lo. A pessoa só irá se quiser, ninguém será forçado e, se mudar de ideia no último minuto, poderá fazê-lo.

Aqueles que retornam podem visitar o Reino Unido?

Sim, depois de dois anos e meio.

Como você garante que o candidato não será detido?

Este é um programa voluntário e ninguém será forçado a fazer nada ou ser preso. O local é nosso escritório, localizado ao norte de Londres e não o Home Office.

Em casos de violência doméstica, eles também ajudam no retorno e protegem a vítima?

Sim, sempre faremos todo o possível para proteger o indivíduo.


Centro Brasileiro e Casa do Brasil

64-66 Willesden Lane, Kilburn, NW6 7SX

020 7372 8348


http://casadobrasil.org.uk/