- °C
Reino Unido

Artigo: O que você precisa saber sobre a residência indefinida e temporária no Reino Unido

|

Kevin Grieve/Unsplash


Por Dawits Buitrago*

Apesar da situação de indecisão do governo em relação ao Brexit, desde 30 de março, está em funcionamento a plataforma para acessar o novo sistema residencial. Mais de 250 mil europeus fizeram a solicitação na primeira semana do prazo.

Neste momento, é difícil definir o que acontecerá depois de 31 de outubro, mas em caso de quebra total e sem acordo, seria aconselhável garantir o documento de residência antes dessa data.

O que o atraso do BREXIT significa até 31 de outubro?

Para os casos de rotina, esse novo adiamento não deve afetar de maneira alguma. Os direitos como cidadãos europeus ainda estão intactos e aqueles que têm viagens pendentes podem viajar em paz.

As campanhas do WhatsApp, orquestradas com propósitos obscuros, plantaram o medo entre muita gente, com suposições sobre retornos do aeroporto e perda total de direitos, caso não voltassem antes de 12 de outubro. Tudo falso!

Independentemente da data, ou se há ou não acordo BREXIT, é importante que as pessoas tenham claro que o Reino Unido é obrigado a manter seus direitos e que haverá um período de implementação entre um ou dois anos, antes que a desconexão total ocorra, de acordo com as circunstâncias.

Existem dois tipos de autorização de residência: status estabelecido e status pré-estabelecido

Status estabelecido é aquela cuja permissão de residência será obtida por qualquer pessoa que, no momento da inscrição, possa demonstrar que viveu continuamente por um período mínimo de cinco anos no Reino Unido. Ou, se você deixou o país, em nenhum caso você passou um período de seis meses fora da Inglaterra. A obtenção desta autorização de residência lhe dará direito a solicitar a nacionalidade britânica.

Já o status pré-estabelecido é o indicado para quem ainda não completou cinco anos de residência contínua. Mesmo os cidadãos europeus que chegarem antes de 31 de dezembro de 2020 terão acesso a esse tipo de residência temporária.

O Home Office recomenda que, se você pretende atender cinco anos de residência contínua em algum momento, antes de 30 de dezembro de 2020, pode esperar e solicitar o status estabelecido diretamente. Ou seja, você obterá sua residência permanente sem a necessidade de tirar a residência temporária (status pré-estabelecido).

Para completar o processo, você precisa do seu passaporte / DNI, Número Nacional de Seguro, um e-mail ativo e responder a perguntas sobre sua situação pessoal e antecedentes criminais. Importante lembrar que o governo garantiu que este processo será totalmente gratuito.

Tudo isso pode ser feito usando o celular, baixando o aplicativo EU EXIT ou a partir da página: https://www.gov.uk/settled-status-eu-citizens-families/applying-for-settled-status

Aqueles que não se sentem confortáveis em fazer este processo sozinhos ou com seu nível de inglês são muito baixos para responder às perguntas, da Hispanos UK oferecemos a eles a opção de ajudá-los com o aplicativo. Nesse caso, cobraremos um custo básico pela administração e assistência.

*Dawits Buitrago e Diretor da Hispanos UK; https://m.facebook.com/hispanosuk/.


Fonte: www.gov.uk