- °C
Londres

Pabllo Vittar pela primeira vez na Europa

|

Com 8.2 milhões de seguidores, Pabllo é a drag queen mais seguida do Instagram, ultrapassando inclusive a icônica Rupaul


Por Osvaldo Lélis - Pabllo Vittar, a drag queen mais famosa do Brasil, se apresenta em Lisboa no dia 24 de abril, Dublin, dia 29 e em Londres, no dia 30. Uma das maiores estrelas brasileiras, e ativista LGBTQ+, Pabllo começou a ganhar notoriedade no início de 2017, quando lançou seu primeiro álbum ‘Vai Passar Mal’ que inclui os hits ‘K.O.’ e ‘Corpo Sensual’. Em 2018, ela colaborou com artistas internacionais como Major Lazer e Charli XCX.


A singularidade de Pabllo e sua música, uma mistura de diferentes estilos e ritmos, a levaram para um dos maiores palcos do mundo, quando performou com Fergie, no Rock in Rio do ano passado. A artista (que, em entrevista, já disse que não se importa em ser tratada com o artigo feminino ou masculino) se tornou a primeira brasileira a ter três músicas no top 5 do Spotify, em 2018.


Seu segundo álbum ‘Não Para Não’ foi o mais executado em 24 horas na plataforma, com mais de três milhões de reproduções. Com 8.2 milhões de seguidores, Pabllo é a drag queen mais seguida do Instagram, ultrapassando inclusive a icônica Rupaul. Nos últimos dois anos, ela foi nominada a 27 prêmios, incluindo o Grammy Latino (tornando-se a primeira drag queen nominada) e EMA (Europe Music Awards), em 2018. Com ingressos esgotados em Londres, Pabllo se apresenta no palco da lendária Heaven, por onde já passaram Madonna e Kylie Minogue. Por e-mail, respondeu a algumas perguntas do jornal Notícias em Português!


Notícias em Português - Aqui na Europa, a turnê vai passar por Portugal e Londres. Como estão as expectativas para as apresentações?

Pabllo Vittar - Vai ser a minha primeira vez em Londres e o meu primeiro show completo em Portugal. Estou muito ansiosa para tudo! Conhecer todo mundo daí, sentir a energia do público e poder levar minha apresentação para tão longe.


Já conhecia Londres ou outro lugar do Reino Unido?

Nunca fui, estou super ansiosa!


Você já é um sucesso com o público brasileiro. Como está sendo a recepção do público de outros países? Pretende gravar em outros idiomas?

Essa vai ser a minha primeira tour fora do Brasil, espero que todo mundo goste! Até agora está sendo maravilhoso, em Londres já está sold out (o que me deixa ainda mais ansiosa!) e eu estou contando os dias para chegar ai! Pretendo sim, mas por enquanto estou estudando, ainda não sou fluente em outras línguas.


Artistas de diferentes identidades e orientações sexuais estão em crescimento no Brasil, mas ao mesmo tempo crescem as manifestações de ódio contra a comunidade LGBTQ+. Como isso te afeta e como enxerga o crescimento dessa onda conservadora no Brasil?

Muitas vezes eu me choco em ver como as pessoas ainda não entendem o real conceito de empatia e respeito. Mas seguimos a nossa luta e nunca pararemos.


Você já trabalhou com a Charli XCX que é inglesa. Tem algum outro artista britânico que admira ou que gostaria de trabalhar?

Ai, quero trabalhar com a Charli outra vez, eu amo muito o trabalho dela e a ela própria. Amaria trabalhar com as meninas do Little Mix também!