10 °C
Países Lusófonos

Eleição em Guiné-Bissau: nenhum partido atingiu 40 deputados

|

Da Redação - Nenhum dos 21 partidos concorrentes às eleições legislativas, realizadas no domingo (10/03), na Guiné-Bissau, atingiu o número mínimo de 40 deputados. A informação partiu de representantes do Partido da Renovação Social (PRS).


Segundo o porta-voz do PRS, Victor Pereira, o anúncio de vitória por parte do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), alegando uma “maioria folgada” de votos, “são [notícias] falsas e visam semear confusão” entre os guineenses.


Pereira considerou “pouco sensato” pronunciar-se sobre os resultados eleitorais, enquanto assim não o fizer a Comissão Nacional de Eleições (CNE), mas afirmou que, de acordo com as atas síntese da votação, tudo aponta para que não haja maioria de nenhum partido.


Antes, em outro encontro com a imprensa, o porta-voz do PAIGC, João Bernardo Vieira, anunciou que o partido teria alcançado a maioria de votos que lhe dão o direito de governar.


O parlamento guineense tem 102 deputados. Agora, espera-se um anúncio oficial da CNE para dar fim às especulações.