16 °C
Londres

Ajude às crianças de Aliny, a brasileira assassinada pelo ex-marido

|

Reprodução/Facebook

Em menos de sete horas, a comunidade local arrecadou £2 mil para o translado 

do corpo de Aliny para o Brasil


Por Marta Stephens

A brasileira Aliny Mendes, de 39 anos, foi assassinada a facadas, na tarde de sexta (08/02), na presença da filha caçula de quatro filhos. O crime aconteceu no cruzamento da London Road e Sparrow Farm Road, em North Cheam, por volta das três da tarde. Ela caminhava em direção à Escola Primária de Meadow, para buscar os outros filhos, quando um homem saiu do banco passageiro de uma van e a esfaqueou brutalmente.

O ex-marido Ricardo Godinho, 41 anos, foi preso horas depois e será julgado pelo assassinato de Aliny e pelo porte indevido de arma branca. Godinho tem nacionalidades brasileira e italiana, e confirmou que estava separado de Aliny. Novo julgamento está marcado para o dia 15 de março, enquanto isso o acusado continua preso.

Trata-se de mais um caso de feminicídio contra uma brasileira, desta vez em solo britânico. A polícia inglesa trata o caso como crime doméstico. Segundo testemunho de membros da comunidade, Aliny, que era mineira de Belo Horizonte, já havia se queixado de violência doméstica, por parte do ex-marido.

O inspetor da polícia de Surrey, Mark Chapman, disse: “Agora posso confirmar que Aliny Mendes e Ricardo Godinho foram casados, mas estavam separados. No entanto, continuarei a pedir às pessoas que não especulem sobre os detalhes em torno das circunstâncias do que aconteceu, e que, se alguém tiver qualquer informação que possa ajudar em nossa investigação, entre em contato conosco.

Ajude às crianças de Aliny

Desde que a terrível notícia do assassinato de Aliny Mendes se espalhou, a comunidade onde a brasileira morava tem participado de uma campanha, criada no site Just Giving, para arrecadar fundos para a família e para as crianças. Mais de £50 mil já foram arrecadados. Se você quiser ajudar, visite o endereço justgiving.com/crowdfunding/aliny-mendes.