7 °C
Home

Frio e escassez de comida colocam aves em risco

|

Pag12UKswan.jpg

Cisne de 4,8 quilos encontrado morto em lago de Reading: pelo tamanho, ele deveria pesar 8 quilos


Da Redação


Um começo de novembro gelado trouxe preocupações para ecologistas do Reino Unido. O grupo Swan Support, um centro de resgate de cisnes e que também observa o bem-estar e saúde de patos e gansos em parques ingleses, postou em sua página do Facebook uma foto triste e um alerta. Um cisne de 4,8 quilos retirado sem vida de um lago em Reading, ao sul de Londres. Ao considerar o tamanho da ave, os ativistas acreditam que ele deveria estar pesando oito quilos. 

O grupo usou a imagem para chamar atenção para a importância de alimentar essas aves nesta época do ano, já que é comum animais silvestres enfrentarem escassez de comida no inverno. “Este pássaro morto é o segundo que pegamos nessa área no espaço de uma semana. Infelizmente, também estamos certos de que este não será o último”, diz o comunicado. 

O mesmo ocorre com pássaros pequenos, como o robin, ou piscode-peito-ruivo, que precisa de uma ajuda extra da comunidade para sobreviver às temperaturas mais baixas. Para ajudar, o conselho é simples: alimente as aves que habitam perto da sua casa. No caso de robins e outros pássaros menores, basta colocar na janela um comedor com alguns amendoins e o trabalho está feito. 

Já para alimentar as aves de grande porte, como cisnes, há algumas regras e cuidados a seguir. Primeiro, eles só podem ser alimentados com pão, folhas verdes, grãos e cereais, trigo, grama seca e comida veterinária específica para o tipo de animal. Os ativistas do Swan Support, entidade filantrópica, reforçam que os cisnes só devem ser alimentados na água. É importante oferecer pequenas quantidades de comida, esperar que tudo seja digerido, antes de oferecer mais. E sempre procurar se informar se há outras regras específicas do parque local. Para mais informações, acesse: swansupport.org.uk.