12 °C
Países Lusófonos

Mais estrangeiros escolhem Moçambique para viver

|


Pag17passaporte

Foto: Reprodução


(LONDRES) Da Redação - Há um movimento crescente de migração à Moçambique, como provam dados do Serviço Nacional de Migração. Até outubro, o número de estrangeiros que entraram legalmente para viver no país aumentou 26% em relação ao ano anterior. Segundo a superintendente chefe de migração moçambicana, Leidita Mate, 1.573.656 cidadãos de outras nacionalidades tiveram documentação aprovada para longo período de estadia em 2018, contra 1.247.429 em 2017. As informações foram prestadas durante uma conferência de imprensa em Maputo.


O principal motivo para escolher Moçambique como nova residência é a procura por oportunidades de negócios, em especial motivados pela descoberta crescente de recursos minerais no país. “O turismo afigura-se também como uma das causas do aumento de entrada de estrangeiros”, disse Leidita.



Pag17REcursosmineraisMOZ

Expatriados são atraídos pelas oportunidades geradas pela descoberta de recursos minerais no país. (Foto: Reprodução)

 

Os registros de estrangeiros que entraram no país até outubro representam 30% do número global de cidadãos que atravessaram as fronteiras moçambicanas, que foi de 5.178.256 entre outubro de 2017 e outubro de 2018. Ou seja, mais gente ainda estar a sair de Moçambique do que entrar, mas talvez os dados recentes sejam um indício de uma mudança.


O Serviço Nacional de Migração de Moçambique superou 100% das ações de controle de fronteiras entre janeiro e outubro deste ano, tendo repatriado 1.673 estrangeiros que eram ilegais no país. 



African women walking along road 2983081 1920

Foto: Reprodução/Pixabay