10 °C
Portugal

​Enfermeira portuguesa entre as melhores no Reino Unido

|


Silvia Nunes enfermeira portuguesa facebook

A enfermeira Silvia Nunes (Foto: Reprodução/Facebook)


(LONDRES) Da Redação - A profissional da saúde estava desempregada no país natal em 2014 e teve que procurar no Reino Unido. Quando chegou como imigrante não falava bem inglês e agora está entre as melhores enfermeiras do país. Silvia Nunes, de 33 anos, é finalista do prêmio de melhor profissional de cuidados de longa duração no Reino Unido pela segunda vez.


A notícia, divulgada pela agência Lusa, conta a história da portuguesa que em 2017 e 2018 tem sido nomeada ao prêmio 'National Care Awards' e conta com o reconhecimento dos colegas, superiores e das pessoas que com ela trabalham no lar de idosos, em Thetford, a 140 quilômetros de Londres. O reconhecimento coloca Nunes entre os cinco melhores do país. “Foi uma surpresa, porque é muito difícil ir pela segunda vez à final. Estar nos cinco melhores do país já é muito bom", disse a portuguesa à agência Lusa. O lar Ford Place Nursing Home Stow Healthcare, onde ela trabalha, também está nomeado para a categoria de "Care Home of the Year", prêmio que é atribuído pela publicação Care Times.


A última semana de Novembro serão anunciados os vencedores da premiação na capital britânica. A categoria "Care Registered Nurse" busca reconhecer os profissionais de cuidados de longa duração pelo alto nível de dedicação e apoio às pessoas que eles ajudam.


Além disso, a portuguesa concorre em outra nomeação, neste caso regional, nos Great British Care Awards, na categoria Good Nurse Award, que será apresentado no dia 15 de Novembro.


Nunes, com licenciatura na Escola Superior de Saúde do Vale do Ave, tentou trabalhar na sua terra natal mas não conseguiu emprego por falta de vagas para enfermeiros com qualificações com menos de um ano. Depois de tentar outras opções, trabalhou num apoio domiciliário em Vila do Conde como voluntária dos Bombeiros, mas não era suficiente para sobreviver e pagar contas.


Frustrada pela situação, decidiu deixar as fronteiras e começar de novo em outro lugar. Agora, ela não se arrepende da decisão tomada quatro anos atrás.


Quando chegou ao Reino Unido, Silvia Nunes, natural de Vila do Conde, tinha dificuldades com o inglês mas isso não foi uma limitação para ela. Depois de vários meses como enfermeira, foi promovida a diretora clínica e, no ano seguinte, a vice-diretora. Ela agora está estudando para ser diretora e continuar com o seu trabalho cheio de sucesso.