6 °C
Portugal

Longa espera por um médico

|


789 HospitalDistritaldeChaves


Não tem sido fácil depender do sistema de saúde pública em Portugal. Dados do Serviço Nacional de Saúde (SNS) mostram esperas por uma consulta com um médico especialista próximas aos 900 dias, algumas a ultrapassar os 1000 dias. A análise considerou quatro especialidades. – oftalmologia, reumatologia, ortopedia e otorrinolaringologia, em 20 hospitais.

Uma das piores situações está no departamento de oftalmologia. A espera média é superior a 800 dias nos hospitais Nossa Senhora da Assunção, em Seia, e no Hospital Distrital das Caldas da Rainha. No Hospital Distrital de Chaves, uma consulta para tratar de um desconforto nos olhos (sem gravidade e, por tanto, não prioritária) tarda em média 1046 dias para ser marcada.

E depois da primeira consulta, o acompanhamento também se faz complicado. Em 60% das unidades médicas especializadas em oftalmologia (60 em todo o país) não se cumpre o tempo médio de resposta garantido, que é de 150 dias.

Um paciente português que precise ser avaliado por um reumatologista espera em média 936 dias. Em quatro unidades de reumatologia do país, a espera média é de mais de um ano.

Na ortopedia, há pacientes esperando por uma oportunidade para ver o médico por cerca de dois anos e meio – ou 886 dias, como é o caso do Hospital Distrital de Lamego.

O panorama não é melhor para quem precisa de uma consulta de otorrinolaringologia. A espera na unidade especializada em ouvido, nariz, garganta e estruturas da cabeça e do pescoço no Hospital Santo André, em Leira, é superior a 980 dias.