15 °C
Londres

Londres é a pior cidade para constituir família, diz pesquisa

|

(lONDRES) Da redação - Má notícia para quem tem planos de ter filhos e construir família em Londres. A capital britânica ficou em último lugar (de novo) na lista das melhores cidades inglesas para jovens famílias, elaborada pela empresa de seguros Money Super Market. O primeiro lugar é de Bath, em Somerset, ao sudoeste do país.


A empresa copilou dados de 35 cidades do Reino Unido e considerou como o lugar ideal aquele com o melhor equilíbrio entre os seguintes aspectos: oferta de emprego, parques, escolas com ótima avaliação Ofsted, média de salários, preço dos imóveis e a qualidade da vizinhança – número de áreas onde ocorrem repetidos roubos. Em Londres, contam-se 19 pontos perigosos.


Ainda que o número de escolas de alto rendimento impressione (são 555), a falta de vagas em algumas regiões ainda é um problema que empurra Londres para a lanterna. Quando a brasileira Marcele White e sua família trocaram Londres por Epsom, em Surrey, a escola pesou na decisão. Mãe de dois, uma menina de 5 anos e um garoto de 3, Marcele ouviu muitas histórias de vizinhos em Wimbledon que precisaram mudar de casa só para garantir uma vaga em uma boa instituição. “Aqui em Epsom, o primeiro que ouvimos foi que todas as escolas da vizinhança eram boas, e que não precisávamos nos preocupar em qual conseguiríamos vaga, o que me fez respirar aliviada.”


Surpresa para Marcele foi descobrir que na pequena Epsom, a apenas 30 minutos do centro de Londres, os parques eram bem mais limpos e com melhores playgrounds do que em Wimbledon. “E também as pessoas aqui são mais abertas a fazer amizade, em dois meses já estávamos integrados”, diz. “Para ser solteiro e curtir a noite, Londres é perfeita, mas para famílias o melhor é mesmo um pouco mais longe do agito.”





Child poverty Getty


Mais oportunidades na melhor cidade: Bath

Na mesma compilação de dados feita no passado, Bath ocupou o quinto lugar. A cidade romana marcada por suas fontes termais naturais e arquitetura georgiana do século XVIII teve a maior oferta de emprego proporcional à população, 13.76 novas vagas para cada 100 habitantes. O que não é atraente em Bath é o preço de dos imóveis, média de £341.574. Neste quesito melhor mesmo Newcastle upon Tyne, que ficou em primeiro lugar ano passado e só perdeu a posição porque teve queda nas oportunidades de novos empregos em 2017, segundo o Family Living.

Em Newcastle, ainda se compra um imóvel para uma família por £161.312. Por esse mesmo critério, Brighton e Hove ficaram bem no final da lista, na posição número 31. Na cidade costeira houve um aumento de 7% nos custos de propriedade. Para sentir a brisa do mar de uma casa própria, é preciso desembolsar por lá algo como £361.075, quando a média nacional é de £191.590. Em Londres, £484.172.


De onde vem os dados?

O que a Money Super Market faz é compilar dados oficiais ou de domínio público. As escolas estão na lista pública da Ofsted para Inglaterra. Na Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales, foi considerado o número total de escolas secundárias proporcional à população. Os parques foram identificados usando o Google Maps e os dados das prefeituras.

Oportunidades de trabalho foram encontradas no site de empregos Indeed.co.uk por pesquisa por cidade. Os preços médios de salário e habitação baseiam-se em dados do governo de 2017. Os pontos de roubo foram identificados a partir de dados sobre cotações de seguro nos últimos cinco anos.


O acesso a todos os dados da lista é livre pelo site da Money Super Market.



As 5 MELHORES cidades britânicas para JOVENS FAMÍLIAS As 5 PIORES cidades britânicas para JOVENS FAMÍLIAS
Bath Londres
Newcastle upon Tyne Kingston upon Hull
Wolverhampton Bristol
Manchester Leicester
Swansea Brighton e Hove

Fonte: MoneySuperMarket.com