19 °C
Comunidade

Dia de Portugal e das Comunidades ganha destaque

|


WEBRN1005ED1M1 00129Reprodução/ Dia de Portugal terá muitas atrações em Londres





(LONDRES) - Da redação - No Reino Unido terá lugar uma celebração especial para o Dia de Portugal. A gastronomia, música e convívio à boa moda portuguesa poderão ser desfrutados em Londres e também em outras cidades como Peterborough. Nessa cidade, a festa será celebrada em julho. Está sendo preparado um grande festival. 



Na capital inglesa, a principal festa terá lugar no Tate Community Market (Wilcox Road, das 10 às 16 horas), junto à Tate Library. Além das bancas de comes e bebes e artesanato vai se poder também contar com boa música e muita confraternização lusófona entre residentes em Londres. Haverá também animação de rua durante todo o dia.


Conheça a história desta celebração

O 10 de junho começou a ser particularmente exaltado com o Estado Novo, o regime instituído em Portugal em 1933, sob a direção de António de Oliveira Salazar. Foi a partir dessa época, que o Dia de Camões passou a ser festejado em nível nacional.


A generalização dessas comemorações deveu-se bastante à cobertura dos meios de comunicação. Durante o Estado Novo, o 10 de junho continuou sendo o Dia de Camões.


O regime apropriou-se de determinados heróis da república, não no sentido laico que os republicanos pretendiam, mas num sentido nacionalista e de comemoração coletiva histórica e propagandística.


Luís de Camões representava o gênio da pátria na sua dimensão mais esplendorosa, significado que os republicanos atribuíam ao 10 de junho, apesar de nos primeiros anos da república ser um feriado exclusivamente municipal.


Com o 10 de junho, os republicanos de Lisboa tentaram invocar a glória das comemorações camonianas de 1880, uma das primeiras manifestações das massas republicanas em plena monarquia.


Depois do 25 de abril, Portugal continuou a comemorar o 10 de junho e a prestar tributo ao poeta de “Os Lusíadas”. Com uma diferença: a Revolução dos Cravos foi pretexto para rebatizá-lo como Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.


Depois da Revolução comemora-se antes o Portugal espalhado um pouco pelo mundo das comunidades portuguesas. Além dessa mudança de significado, com a nova expressão, criada para designar o 10 de junho, que passa a ser Dia de Portugal e das Comunidades.