6 °C
Comunidade

Documentário “ I am crioula” traz a vida de Cabo Verde a Londres

|


Fotos Divulgação

WhatsApp Image 2018 05 31 at 10.57.35




(LONDRES) Por Cristiane Lebelem - O documentário intitulado “ I am crioula” tem sido um dos vídeos bastante comentados junto à comunidade cabo-verdiana e também no meio universitário de Londres, onde a jornalista Cristina Isabel Mendes Cabral apresentou sua obra para conclusão do mestrado.


Nascida em Portugal, filha de pais cabo-verdianos, ela foi a única da família que nasceu na Europa. É justamente esse encontro com sua origem que ela trata no documentário, já que passou a vida percorrendo muitos lugares, até se questionar sobre sua origem africana e essência que carrega. O insight veio quando a filha da jornalista, Lauryn (5), perguntou-lhe de onde vieram? Na inocência, a miúda Cristina foi quem colocou a ideia na mente da jornaista. Ela que já viajou o mundo, e aos 33 anos precisava conhecer suas origens, o que a define como pessoa.


Cristina conta que sempre teve a sensação de não ter se sentido integrada à sociedade portuguesa, “talvez por ser negra”, relata. “E isso é a mesma coisa que sentimos como imigrantes aqui no Reino Unido quanto ao Brexit”, conclui. “Apesar de ter dois passaportes, eu sempre me senti cabo-verdiana. Tenho que fazer com minhas filhas o que meus pais não fizeram comigo”, confessou.


O documentário mostra o momento em que a jornalista chega a Cabo Verde pela primeira vez. “Foi um momento de grande expectativa. Quando cheguei, eu me senti em casa. Chorei o tempo todo, uma coisa que nunca vivi a vida inteira. As pessoas se importaram com a minha presença”. Morabeza é a palavra significa hospitalidade, a capacidade de receber bem alguém em sua casa. Eles a utilizam muito, explicou.




WhatsApp Image 2018 05 31 at 11.06.38

O vídeo tem sido assistido não apenas pelos cabo-verdianos, mas por muita gente africana, e a proposta da jornalista é empoderar a voz dos africanos e de muitas outras minorias no Reino Unido.


Para assistir ao vídeo clique aqui