19 °C
Comunidade

Eleições 2018: Comunidade pode eleger seus representantes no Reino Unido

|





Articles Elections Vote

Até o dia 18 de abril, quem vive no Reino Unido pode se registrar para o voto das eleições locais de 3 de maio 



(LONDRES) Por Cristiane Lebelem e Marta Barbosa



Falantes de português têm ganhado cada vez mais espaço e pretendem avançar na participação democrática. Em Lambeth, o português Guilherme Rosa vem representando a comunidade, assim como em Carlos Portal de Castro, por Crawley, ambos do Labour party.


Para as eleições que se aproximam existem outros três nomes, que surgem no cenário político. Duas mulheres pelo partido conservador, Élia Carvalho e Sofia Sousa (em Londres) e Tiago Corais (em Oxford), pelo Partido Trabalhista.

A participação em atos eleitorais do Reino Unido é um direito de quem vive no RU, pelo menos até que se mudem as regras no momento de saída do país da União Europeia.



Como se registrar para votar

Votantes podem exercer o direito por meio do voto postal (correio) ou presencial, diretamente num local de votação no dia 3 de maio. Mas para isso é preciso garantir que seja feito o registro no borough no tempo correto. Para realizá-lo basta acessar www.gov.uk/register-to-vote 



Candidatos da comunidade



Sofia Sousa 

Sofia Wapping

Partido Conservador

Região que representa - Blackwall & Cubitt Townm - Tower Hamlets (Londres)



Em Londres, desde 2015, Sofia envolveu-se com o Partido Conservador, na criação de um grupo de mulheres conservadoras, conjuntamente com três colegas conservadoras, cujo objetivo era incentivar a participação feminina na vida política.


Especialista em consultoria digital, Sofia chegou na capital britânica com a ambição de uma carreira internacional. Nesse momento é responsável pela equipe de Digital Insights & Analytics de uma empresa privada. Tem formação na área de Gestão (mestrado em Estratégia e Empreendedorismo).


“Comecei a colaborar com o Partido Conservador, porque sempre quis trabalhar com a minha comunidade e acredito que a forma mais eficaz de atingir resultados é por meio da política. O fato de pertencer a um grupo, com quem partilho interesses e ideias semelhantes, também me motiva, e desde o primeiro evento do partido em que participei que tenho conhecido muitas pessoas”, revela a portuguesa de 28 anos.




Élia Carvalho 


Elia carvalho 1



Partido Conservador

Candidata por Thurlow Park Ward - Lambeth (Londres)


Élia Carvalho tenta uma vaga pelo Partido Conservador. Residente do Reino Unido há 15 anos, é mãe de três filhos (14, 6 e 3) - todos nascidos na Inglaterra. Formada em nutrição e em enfermagem, trabalha como enfermeira em centros de saúde do NHS.


Élia nasceu em Lisboa e advém de uma família de funcionários públicos. Além da experiência ao manter contato diariamente com membros da comunidade no seu posto de enfermagem do NHS, contou para sua decisão em se candidatar a participação num fórum sobre o papel da mulher na sociedade, promovido pelo Partido Conservador.

Vem se dedicando a comunidade há bastante tempo. Uma atribuição de Élia é traduzir boletins escolares para o português, que são enviados semanalmente aos pais de alunos, matriculados no sistema de educação pública britânico. Ela também faz parte do Lambeth Portuguese Community Wellbeing Partnership, grupo de apoio comunitário nas áreas de saúde e bem-estar.




Tiago Corais 


Tiago Corais Redcliffe square Oxford 1024x1024


Partido Trabalhista

Candidato por Littlemore (Oxford)

Em Oxford, pelo bairro de Littlemore, o candidato português é Tiago Corais, que tenta uma vaga pelo Partido Trabalhista, o Labour Party. Sua relação com partidos políticos de esquerda vem de família.


Tiago é irmão de Miguel Corais, chefe do partido socialista em Braga. Engenheiro industrial por formação, Tiago é funcionário da Jaguar and Rover Design & Egeneering Center e mantém intensa participação política na comunidade, sendo parte da Associação Europeia de Oxford e presidente do núcleo do Reino Unido do Partido Socialista Português, do qual é membro há 22 anos.


Um dos pontos fortes, como candidato, é a experiência que vem acumulando ao participar das ações de Embaixada e Consulado, atuar na comunicação da comunidade sobre os desdobramentos do Brexit. Mas para vencer em Oxford, onde mora há menos quatro anos, Tiago espera contar também com o voto de outras comunidades de imigrantes e de ingleses.





NP E01 S2 0329 001


NP E01 S2 0329 0013